Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Família apanhada a traficar

Durante seis meses, os investigadores da PJ andaram num corrupio constante entre Coimbra e Guimarães, a seguir os passos e as rotinas de uma rede familiar de tráfico de droga. Esta semana avançaram com duas operações, que resultaram na detenção de oito traficantes, quatro dos quais mulheres, e na apreensão de droga, dinheiro, viaturas, armas, ouro e telemóveis, entre outros artigos.

28 de Novembro de 2009 às 00:30
Foi apreendido dinheiro,  droga, armas, ouro, telemóveis e viaturas
Foi apreendido dinheiro, droga, armas, ouro, telemóveis e viaturas FOTO: Ricardo Almeida

A "dispersão territorial" do grupo foi o principal obstáculo colocado à investigação da Directoria do Centro da Polícia Judiciária, devido aos quase 200 quilómetros que separam as duas cidades, explicou ontem ao CM fonte ligada ao processo, adiantando que a "organização familiar" da rede e o "elevado grau de alerta" de todos os intervenientes complicaram o trabalho.

É que "alguns dos detidos" têm antecedentes criminais por tráfico de droga e, por isso, estavam atentos a qualquer movimentação estranha nos locais onde distribuíam ou transportavam o produto estupefaciente, dificultando "a acção dos investigadores".

Os oito suspeitos têm idades entre os 24 e os 44 anos e laços familiares. Foram detidos três casais e a mãe de um dos traficantes. Só um dos detidos não tem qualquer parentesco com os outros elementos da rede criminosa.

As funções dos oito detidos eram também distintas: enquanto uns tratavam da distribuição da droga pelos consumidores, em vários locais no Centro e Norte do País, outros dedicavam-se ao transporte, lidando com "grandes quantidades" de droga e em "elevado estado de pureza".

A droga apanhada não é em grande quantidade, mas a principal preocupação dos investigadores era "apreender produto estupefaciente cuja responsabilidade pudesse ser imputada a alguém, neste caso aos suspeitos, para assim interromper o tráfico", disse uma fonte da PJ, adiantando que, "se a operação tivesse avançado noutros momentos, poderia ter sido encontrada maior quantidade de droga" na posse dos traficantes, mas o objectivo foi conseguido.

PORMENORES

TRÊS NA CADEIA

Dos oito detidos, três já foram interrogados e aguardam julgamento em prisão preventiva. Os outros cinco continuam hoje a ser ouvidos em primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Coimbra.

DROGA APREENDIDA

Apreendeu-se cocaína, de elevada pureza, suficiente para 600 doses, 572 doses de heroína, além de 87 doses de ecstasy e uma pequena quantidade de haxixe, uma balança de precisão, material para acondicionar a droga e 23 mil euros.

CARROS DE LUXO

Os traficantes tinham seis veículos, alguns de luxo, três armas de fogo, munições, ouro, relógios, vários telemóveis, equipamento de som e imagem, e computadores.

CAPTURADO LADRÃO

Numa das operações foi detido um homem alvo de um mandado de detenção por crimes de roubo, que foi entregue na cadeia de Guimarães para cumprimento da pena. Não está envolvido na rede.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)