Barra Medialivre

Correio da Manhã

Portugal
9
Siga o CM no WhatsApp e acompanhe as principais notícias da atualidade Seguir

Família da grávida da Murtosa recebeu mensagem a pedir 500 euros pelo resgate na altura do desaparecimento

Irmã de Mónica recebeu uma fotografia de uma mulher loira de costas.
Tânia Laranjo e Paulo Jorge Duarte 29 de Novembro de 2023 às 13:04
Mónica Silva está desaparecida
Imagem enviada à irmã de Mónica Silva
Mónica Silva está desaparecida
Imagem enviada à irmã de Mónica Silva
Mónica Silva está desaparecida
Imagem enviada à irmã de Mónica Silva
Os familiares de Mónica Silva acreditam que Fernando Valente, o ex-namorado da mulher grávida desaparecida na Murtosa a 3 de outubro, não atuou sozinho. A tia afirma que suspeitam de dois homens, de nacionalidade brasileira, que trabalhavam para o pai do suspeito. A família desconfia que estes homens estejam ligados a uma tentativa de extorsão, ocorrida dias depois do desaparecimento da grávida.

Nesse dia, a irmã de Mónica recebeu um pedido de resgate, através de um telemóvel com um número do Brasil. Alguém pedia 500 euros e alegava saber onde estava Mónica. Diziam que estava num barracão abandonado e corria risco de vida.





A família admite agora que a mensagem tenha sido enviada por um desses homens, próximos de Manuel Valente (pai de Fernando, o suspeito preso pelo homicídio da grávida de 7 meses), e pede que a pista seja seguida pela PJ. As autoridades mantêm a investigação em aberto. Seguem todas as pistas para encontrar o corpo. Fernando está em prisão preventiva na cadeia de Aveiro, suspeito de homicídio, profanação de cadáver e aborto agravado.
Mónica Silva Fernando Valente Murtosa
Ver comentários
C-Studio