Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Família de emigrantes em França pede ajuda para transladar português

Portugueses viviam com graves dificuldades económicas, e sobreviviam apenas com a ajuda de associações e conhecidos.
Patrícia Lima Leitão 21 de Maio de 2020 às 09:15
Lilian com Carlos e o filho
Lilian com Carlos e o filho FOTO: Direitos Reservados
Uma mulher portuguesa emigrada em Paris está a pedir ajuda para conseguir transladar o corpo do marido, Carlos Pinto, de 33 anos, que morreu vítima de um enfarte do miocárdio, no dia 13 de maio. A família vivia em França, com graves dificuldades económicas, e sobrevivia apenas com a ajuda de associações e conhecidos.

"Precisamos de três mil euros para transladar o corpo e nós nem dinheiro para comer temos", contou ao CM Lilian Sobrinho. A família, com um filho de oito anos, vendia agora máscaras de proteção da Covid-19 para conseguir dinheiro para bens e alimentação.
França Paris Carlos Pinto questões sociais demografia emigrantes
Ver comentários