Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Família defende pai de Nélson

Dentro de casa, António Pereira, 66 anos, nunca levantou suspeitas. Desde 2006 que o ex-motorista da Junta de Freguesia de Outeiro da Cabeça, em Torres Vedras, abusava de crianças, segundo a acusação, mas nem a mulher nem os filhos, incluindo o ex-guarda- -redes do Sporting, Nélson, se aperceberam dos crimes – António Pereira é acusado de ter abusado sexualmente de oito meninas, com idades entre três e nove anos, durante o percurso para a escola.

20 de Novembro de 2012 às 01:00
torres vedras, família, nélson, antónio pereira, sporting
torres vedras, família, nélson, antónio pereira, sporting

Ontem, em mais uma sessão de julgamento, um dos dois filhos, irmão de Nélson, disse acreditar na inocência do pai. Vários familiares, chamados a depor, também negaram ter conhecimento dos crimes. Nélson testemunhará em breve.

António Pereira chegou ontem sozinho ao tribunal, antes mesmo da abertura das instalações. Nas últimas sessões, o ex--motorista tem estado sempre sozinho. Faz-se acompanhar só pela sua advogada de defesa. Além da mulher e dos dois filhos, António Pereira conta com o apoio de mais familiares – ao todo vinte testemunhas de defesa.

Recorde-se que, no entanto, duas das vítimas do antigo motorista são suas sobrinhas--netas. Algumas das vítimas foram ouvidas logo no início do julgamento, a 4 de Novembro. n

torres vedras família nélson antónio pereira sporting
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)