Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Família desesperada procura desaparecido

Iván Durán foi visto na quinta-feira em Albufeira e pai está na cidade à procura dele.
Ana Palma 17 de Dezembro de 2016 às 15:18
A carregar o vídeo ...
desaparecido albufeira
Há quatro meses que Iván Durán, de 30 anos, desapareceu da sua casa, em Baiona, Espanha, e a família acredita que esteja em Albufeira. Isso foi ontem revelado ao CM pelo pai, Juan Durán, que se encontra na cidade algarvia depois de, na quinta-feira, ter recebido uma informação de que Iván tinha sido visto num supermercado e num bar em Albufeira, acompanhado por uma mulher. "Disseram-me que ele está muito magro e que a mulher que o acompanha será do Porto", disse.

Esta é a quarta vez que Juan está em Albufeira desde o desaparecimento do filho. "Ele foi visto num café daqui, a 30 de setembro", recordou ao CM.

Desesperado, Juan Durán, que se encontra doente e por isso pediu a um familiar para o acompanhar a Portugal, diz que a família "apenas quer saber se Iván está bem e, se estiver mal, quer ajudá-lo". A mãe de Iván também está doente "com um problema do foro psiquiátrico", relatou.

"Tenho medo que o Iván esteja mal, pela descrição que me foi feita. Ele era desportista, não bebia nem fumava. É muito alto, mede cerca de dois metros. Quando desapareceu de casa, a 25 de agosto, tinha apenas a roupa do corpo. Nem sequer tinha dinheiro, documentos ou telemóvel. Deixou apenas uma nota escrita", referiu.

"Enquanto for vivo, vou continuar à procura dele", afirmou ainda Juan Durán, que se encontra alojado no hotel Almar, em Albufeira, onde espera que o filho o contacte.

A GNR e a PJ procedem a investigações.
Iván Durán Baiona Espanha Juan Durán Albufeira GNR PJ desaparecimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)