Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Família pede ajuda para levar corpo de homem esfaqueado pela namorada para o Brasil

Flávio Sousa foi assassinado com um golpe de faca nas costas desferido pela namorada, de 32 anos, em Odivelas.
Correio da Manhã 23 de Janeiro de 2020 às 16:16
Flávio Sousa
Flávio Sousa FOTO: Direitos Reservados
A família de Flávio Sousa, o homem de 39 anos que foi assassinado com um golpe de faca nas costas desferido pela namorada, de 32 anos, em Odivelas, está a pedir ajuda para que o corpo seja transladado para o Brasil, segundo o jornal Globo.

O homem nasceu no estado de Góias, no Brasil, e residia em Portugal há 15 anos. O operário de construção civil "estava divorciado de uma portuguesa, de quem tinha uma filha de 17 anos".

"Há pelo menos um mês que ele morava com o irmão", explicou um amigo ao CM. No momento do crime., Flávio Sousa e a namorada, também brasileira, estavam sozinhos na casa onde este residia, na rua Helena Aragão, em Odivelas. O amigo assegurou que os conhecidos do operário "não sabiam do relacionamento". 

Pelas 00h30, Flávio e a namorada envolveram-se numa discussão violenta, de motivos ainda por apurar. A mulher terá ido buscar uma faca à cozinha e desferiu, ao que tudo indica, apenas um golpe nas costas da vítima. A agressão fez com que o homem desfalecesse. Foi a própria agressora a chamar, via 112, uma equipa do INEM e uma patrulha da PSP de Odivelas. À chegada dos meios de socorro ainda foram feitas manobras de reanimação, mas o óbito foi confirmado.

A namorada de Flávio Sousa não fugiu à presença da PSP. Os agentes, de resto, conseguiram mesmo apreender a arma do crime e preservar vestígios para a PJ assumir a investigação. O cadáver de Flávio Sousa foi transportado pelos bombeiros para o Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, para autópsia.

A namorada do operário brasileiro foi inicialmente transportada para uma esquadra da PSP, e depois entregue à PJ de Lisboa. Estava, esta segunda-feira à tarde, detida para averiguações.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)