Família quer 183 mil euros por homicídio gay

André Vieira esfaqueou Miguel Ribeiro, em julho do ano passado, durante uma discussão no Porto.
Por José Eduardo Cação|16.04.19
Os pais de Miguel Ribeiro, o jovem de 20 anos morto à facada pelo ex-namorado à porta de casa, na rua Fernandes Tomás, no Porto, em julho do ano passado, pedem uma indemnização de 182 755€.

O ex-companheiro, André Vieira, de 30 anos, está acusado de homicídio qualificado. Encontra-se em prisão preventiva e vai começar a ser julgado, no final do próximo mês, no Tribunal de S. João Novo.

Os factos aconteceram na madrugada de 18 de julho de 2018, quando Miguel e André - que apesar do final do relacionamento de dois anos mantinham uma amizade com encontros frequentes - saíram com amigos para uma zona de bares, na Baixa do Porto.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!