Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Fatura tira da cadeia No Name detido na Operação Sem Rosto

Documento comprova que não podia estar no local onde ocorreu o ataque violento a um adepto do Sporting.
João Carlos Rodrigues 14 de Setembro de 2020 às 09:25
Ataques a rivais do Sporting
Ataques a rivais do Sporting FOTO: Direitos Reservados
Um dos seis homens afetos à claque do Benfica No Name Boys que tinha sido detido pela PSP na Operação Sem Rosto foi agora libertado graças a uma fatura que comprova que não podia estar no local onde ocorreu o ataque violento a um adepto do Sporting, em maio, no Estoril, Cascais.

De acordo com o semanário Expresso, este arguido estava indiciado por tentativa de homicídio e em prisão preventiva, mas apresentou um recibo de uma ótica de Alverca que serviu de álibi. Na prática, conseguiu comprovar que seria impossível percorrer, em 18 minutos, os cerca de 50 quilómetros que separam Alverca de São João do Estoril, onde ocorreu o crime.

A Operação Sem Rosto decorreu a 25 de junho, na sequência de uma série de ataques violentos sobre elementos da claque do Sporting Juve Leo. Na altura foram detidos sete homens entre os 22 e 23 anos, seis dos quais ficaram em preventiva. Estão indiciados por roubos, ofensas à integridade física qualificadas, danos e homicídio na forma tentada.n
Fatura No Name Boys Benfica Cascais PSP São João do Estoril Sporting Alverca crime lei e justiça polícia
Ver comentários