Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Faz 6 km a pé para levar os filhos ao infantário

Um homem de 34 anos, residente em Malpique, Belmonte, percorre todos os dias seis quilómetros a pé para levar e buscar os filhos ao infantário, porque a Segurança Social lhe retirou o subsídio (200 euros) que servia para pagar um táxi.
26 de Março de 2008 às 00:30
João transporta os filhos num carrinho de bebés
João transporta os filhos num carrinho de bebés FOTO: Edgar Martins
"Sem dinheiro e porque sou sozinho a criar os meus filhos tenho de ir a pé até ao infantário", disse ontem ao CM o operário de construção civil.
Faça sol ou chuva, com frio ou calor, tem sido esta a vida de João Andrade e dos dois filhos – Joana e Nuno, de cinco e três anos: às 06h45 percorrem os 3,1 km até ao infantário Girassol, em Caria. Às 18h00 fazem o trajecto de regresso a casa. "O autocarro da Câmara passa na aldeia às 08h30,mas àquela hora já tenho de estar a trabalhar. Como estou divorciado e não tenho ninguém que me ajude não tenho outra hipótese", diz o progenitor, que foi aconselhado pela assistente social "a mudar de aldeia, só que não tem dinheiro "para pagar rendas elevadas". O homem já pediu ajuda à Câmara, mas não obteve "qualquer resposta".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)