Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Faz renda aos 100 anos

Aos 100 anos faz renda, preenche o boletim do totoloto e lê o jornal. A lucidez de Maria da Conceição Reis d’Almeida e Silva, que ontem festejou 100 anos, em Coimbra, onde reside, impressiona familiares e amigos.
10 de Outubro de 2010 às 00:30
Maria da Conceição d’Almeida e Silva com a família
Maria da Conceição d’Almeida e Silva com a família FOTO: Ricardo Almeida

Não passa sem ler um jornal, sobretudo as notícias da Académica de Coimbra, seu clube de eleição, e ainda recentemente surpreendeu a filha, Henriqueta dos Reis, e o genro, João dos Reis, com um poema. Ontem, à entrada para a Igreja do Carmo, onde decorreu a missa de aniversário, voltou a surpreender ao ler uma das quadras: "Ó Coimbra, Ó Coimbra/Que fazes aos estudantes?/ Vão para lá uns anjinhos/Saem de lá uns tratantes."

Maria da Conceição apenas sofreu uma pneumonia aos 97 anos, que lhe afectou a audição: de resto, nunca esteve doente. "Hoje continua a almoçar e jantar de faca e garfo e bebe o seu copo de vinho tinto", refere a filha.

O passatempo preferido é fazer renda "com linha nº 20, que é muito fina". Continua a ser "perfeccionista", diz a nora, Maria de Nazaré. "Também gosto muito de passear", acrescenta a aniversariante, que já disse ao filho, António d’Almeida e Silva, que "a cama apodrece".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)