Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

FELISBELA JÁ COME SOZINHA

Felisbela, a menina de seis anos baleada na cabeça quando brincava num infantário do Pendão, em Queluz, Sintra, estava ontem mais calma. “Comeu à minha frente um iogurte, pela mão dela, e ainda uma sopa de bolacha, que eu lhe dei, e uma tigela de ‘Cerelac’”, contou ao Correio da Manhã o pai, José Dias.
26 de Abril de 2003 às 00:00
Felisbela ainda não tem visitas. Só os pais e os padrinhos podem aceder ao quarto da menina, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa. Mais calma e sossegada, continua, todavia, a necessitar de acompanhamento permanente e, como tal, sem data para ter alta hospitalar.
“Dizem que é muito cedo ainda. Até porque as melhoras que eu sinto não são evidentes. Mas ela ver, vê. Tenho a certeza que vê.”
José saiu do hospital, ontem, ao final da tarde, mais reconfortado com o estado de saúde da filha. “Estou contente porque a encontrei menos agitada. Continua a pedir água, bolachas... Mas já não se queixa de dores.”
Mais animado, José não conseguiu conter a satisfação e anunciou que está a preparar uma grande surpresa para a filha: um quarto novo.
“Sabe onde vou? Vou directo a casa mostrar o quartinho dela ao sr. Jonas”, brasileiro, radicado há 12 anos em Portugal, onde trabalha no ramo imobiliário.
Jonas Silva procurou, ontem à tarde, José, no Hospital de Santa Maria, para lhe dizer que gostaria de ofereceu uma mobília nova a Felisbela.
“Ele viu o pedido da nossa vizinha de baixo, Fátima [publicado quarta-feira no CM] e como tem duas filhinhas gémeas de sete anos...”
Emocionado, José pensava na satisfação da filha, quando esta regressar a casa.
“Está mesmo a ver-se. Vai ficar toda contente. Sabe, a mobília dela está muito velhinha. Comprei-a há anos, em segunda ou terceira mão. Sei lá eu. Foi num ferro-velho. E agora está a partir-se toda”, referiu o pai.
José Dias referiu que ia mostrar o espaço ao benemérito, acrescentando que a filha ficou na companhia da mãe e da madrinha.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)