Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Ferido a tiro abandonado dentro de porta-bagagens

Um homem foi ferido a tiro, atirado para o porta-bagagens de um carro e depois abandonado a sangrar dentro da viatura. A sua sorte foi ter sido encontrado pela Polícia, que providenciou o seu transporte ao hospital. O estranho incidente ocorreu na noite de sexta-feira na zona de Almada.
21 de Janeiro de 2007 às 00:00
O baleado foi transportado ao Hospital Garcia de Orta depois de ter sido encontrado pela polícia
O baleado foi transportado ao Hospital Garcia de Orta depois de ter sido encontrado pela polícia FOTO: Pedro Catarino
Pelas 23h00 de anteontem, um grupo de homens provenientes do Bairro Branco, no Pragal, entrou na Quinta do Chegadinho, um bairro do Feijó situado próximo do Fórum Almada. Os seus intuitos rapidamente se revelaram, pois provocaram de imediato uma rixa com um grupo de moradores deste último bairro.
Durante as escaramuças, segundo disse ao CM fonte da PSP, foram disparados tiros, tendo pelo menos uma bala atingido um elemento do grupo do Feijó. No local, foram mais tarde encontradas munições e invólucros de calibre .22.
Após os disparos, elementos de ambos os lados dispersaram, mas nem todos, pois os homens do Feijó tinham um problemas entre mãos: um elemento do seu grupo estava no chão a sangrar. A solução foi atirá-lo para dentro do porta-bagagens de um carro.
O proprietário da viatura, um Peugeot 307, ainda viajou durante algum tempo com o ferido no porta--bagagens, mas acabou por abandonar o carro com o ferido lá dentro a sangrar. O automóvel foi depois encontrado por agentes da PSP, na Azinhaga do Rato, perto da Base Naval do Alfeite. O ferido foi de imediato conduzido ao Hospital Garcia de Orta, em Almada. Dentro do carro a PSP encontrou duas facas, um machado e 2, 42 gramas de haxixe.
Na posse da viatura, não demorou muito tempo até a PSP identificar o proprietário, que foi detido. Presente a tribunal, por acusações de sequestro e abandono do ferido, ficou obrigado a duas apresentações semanais às autoridades enquanto aguarda julgamento. O autor dos disparos não foi ainda identificado.
OUTROS TIROTEIOS
CAPARICA
No dia 19 de Dezembro de 2006 um grupo de homens disparou vários tiros dentro do bar Samussa, na Costa de Caparica, após uma discussão. Um homem e uma mulher, donos do bar, sofreram ferimentos no tronco e nas pernas.
VISEU
Um ajuste de contas entre dois elementos de famílias vizinhas, de etnia cigana, acabou em tiroteio no Bairro da Balsa, em Viseu, no dia 14 de Dezembro do ano passado. Apesar do aparato, apenas uma mulher ficou ligeiramente ferida numa perna.
VIMIOSO
Uma mulher de 25 anos foi morta, quando estava com a filha de dois anos ao colo, por uma bala perdida de um tiroteio entre dois homens. O crime ocorreu a 14 de Setembro na aldeia da Uva, Vimioso. Um dos homens morreu 45 dias depois no hospital.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)