Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

FERIDO RECUPERA

O único sobrevivente do acidente ocorrido quinta-feira à noite na sequência de uma colisão entre uma viatura ligeira e um comboio de passageiros, numa passagem de nível à entrada de Faro,está fora de perigo embora com prognóstico reservado.
28 de Dezembro de 2002 às 00:00
José Henriques Silvestre de Brito, de 38 anos, tio de uma das vítimas mortais do acidente, sofreu traumatismos craniano e torácico-abdominal mas segundo o director clínico do Hospital Distrital de Faro, onde se encontra internado, já não corre perigo de vida.O acidente resultou ainda na morte de Felisberto Lúcio Brito Martinho, de 28 anos, residente em Faro e de Célio José dos Reis, de 34 anos, residente em Pinheiros de Marim, Olhão. Os dois homens sofreram morte imediata quando o carro em que seguiam foi colhido por uma composição que circulava entre Lagos e Faro. Ao que tudo indica, o condutor do automóvel não respeitou a sinalização sonora e luminosa da passagem-de-nível, localizada nas Pontes de Marchil, tendo ultrapassado outras viaturas e contornado a cancela para atravessar a linha férrea. Devido à violência do choque, a viatura foi arrastada pela locomotiva, tendo esmagado dois dos ocupantes. Os três homens tinham estado a petiscar num bar, na Praia de Faro, onde segundo testemunhas terão consumido bebidas alcoólicas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)