Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Fica ferido ao atirar a ladrões

Um vigilante do estaleiro das obras do túnel do Marão, em Amarante, disparou sobre ele próprio com uma arma ilegal quando tentou travar o furto de gasóleo que estava a decorrer nas instalações onde estava a fazer segurança.

4 de Maio de 2010 às 00:56

Os ladrões conseguiram fugir e o homem acabou por ser detido pela GNR por posse de arma ilegal. O vigilante, de 40 anos, estava a fazer a ronda habitual pelo estaleiro quando se apercebeu da presença de dois suspeitos que estavam junto às máquinas, na madrugada de ontem. Enquanto os dois ladrões estavam a retirar o combustível dos veículos, o segurança ligou para a GNR a dar conta do furto.

Mas em vez de esperar pela chegada dos militares o homem (armado de uma pistola 6.35 mm adaptada) decidiu travar o furto. Contudo, o nervosismo levou-o a disparar sobre a sua perna. À chegada da patrulha da GNR de Amarante, os ladrões já tinham fugido, ao que tudo indica depois de terem ouvido o disparo.Os militares encontraram o segurança ferido, que foi transportado para o Hospital de Vila Real, onde está internado. A pistola foi apreendida e o vigilante está indiciado por posse de arma ilegal.

Ver comentários