Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Filho atira mãe do oitavo andar

Maria dos Anjos apresentou queixa na PSP contra o filho dois dias antes do crime
27 de Fevereiro de 2014 às 07:31
Vítima foi atirada de uma altura aproximada de 30 metros. Todos pensaram tratar-se de suicídio
Vítima foi atirada de uma altura aproximada de 30 metros. Todos pensaram tratar-se de suicídio FOTO: Vítor Mota

Quando chegou perto do corpo da mãe, desfeito após uma queda de oito andares, em Santo António dos Cavaleiros, Loures, Daniel Flávio Santos, de 37 anos, disse aos agentes da polícia que não sabia o que tinha acontecido, apesar de estar em casa. Num primeiro momento, o caso foi visto como um suicídio. Contudo, a autópsia deu claros indícios de crime, e a PJ anunciou ontem a detenção do homem, desempregado. Terá agredido e asfixiado a mãe até à morte. Depois, atirou o corpo pela janela, numa clara simulação de suicídio. Ficou em prisão preventiva.

Maria dos Anjos Coelho, de 70 anos, tinha apresentado queixa na PSP contra o próprio filho, na passada sexta-feira, por violência doméstica. Os vizinhos viram-na, por diversas vezes, com marcas de agressões no rosto. Domingo, pela hora do almoço, dois dias após a apresentação da queixa na PSP, mãe e filho terão começado a discutir na casa onde ambos viviam há cerca de cinco meses, na rua Padre António Vieira.

Segundo a Judiciária avançou ontem em comunicado, "na sequência de uma acesa altercação" o homem agrediu fisicamente a mãe e estrangulou-a. Depois, atirou-a pela janela, numa queda de aproximadamente 30 metros.

Segundo o CM apurou, minutos após a queda Daniel Santos terá informado a polícia de que a mãe lhe tinha dito que ia descansar, dirigindo-se então ao quarto. Pouco depois ouviu uma porta a bater com força, por causa de uma corrente de ar. Deslocou-se ao quarto e encontrou-o vazio e com a janela aberta. Espreitou e viu o corpo da mãe caído na rua. O suspeito ainda esteve em liberdade na segunda-feira, mas acabou detido no dia seguinte.

Maria dos Anjos filho mãe Loures suicídio morte Santo António dos Cavaleiros Daniel Santos
Ver comentários