Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Filho baleou pai

Ao ver a mãe ser agredida, Tiago, de 21 anos, disparou ontem contra o pai, de 43. A cena de violência doméstica começou dentro da casa onde o casal vive, em S. Mamede de Infesta, Matosinhos. O jovem pegou na sua pistola de calibre 6.35 e, já na rua, atirou duas vezes contra o pai, Camilo Branco. Uma das balas acertou na coxa. O rapaz fugiu e, até ao fecho desta edição, ainda estava a monte. A PJ do Porto está a investigar.
20 de Agosto de 2009 às 00:30
PSP e PJ estiveram ontem a recolher indícios no local onde Tiago disparou tiros de pistola contra o pai
PSP e PJ estiveram ontem a recolher indícios no local onde Tiago disparou tiros de pistola contra o pai FOTO: Sónia Caldas

Quando os vizinhos vieram à rua Santo António do Telheiro só encontraram o homem estendido no chão e a mulher, com a testa ensanguentada e o olho pisado, a correr para casa.

"Quando vi a senhora perguntei se sabia quem era o homem. Ela só disse: Sei, é o meu marido", contou uma vizinha ao CM. Foi um outro morador que alertou o INEM. O baleado foi para o Hospital Pedro Hispano, onde ficou internado em observação. A bala foi retirada e o homem não corre perigo de vida. A esposa, Alda Branco, também com 43 anos, deu entrada no mesmo hospital às 16h30. Recebeu tratamento na pequena cirurgia e fez exames. Teve alta uma hora e meia depois, saindo acompanhada pela PJ. Nunca se cruzou com o marido.

A irmã do baleado, que foi para a casa da família tomar conta das duas sobrinhas menores, não quis falar do caso. Questionada pelo CM, apenas disse que "são assuntos familiares". De Tiago os vizinhos pouco ou nada conhecem, mas o CM apurou que a polícia já o tinha referenciado em vários processos de furto.

Para tentarem o contacto com Tiago e para o aconselharem a se entregar às autoridades, os agentes pediram o número de telemóvel do filho à mãe, mas ela respondeu-lhes que não sabia o seu contacto. Numa busca ao quarto do jovem, foram encontradas armas e documentos que não lhe pertenciam. Não se sabe se os pais tinham conhecimento das suas actividades. O casal mudou-se para aquela rua há poucos meses com os três filhos, Tiago, de 21 anos, e duas raparigas.

PORMENORES

ARMAS

Tiago fugiu com a pistola do crime. Em casa, a polícia encontrou ainda uma caçadeira e diversas munições.

FURTOS

O jovem tem vários processos judiciais pela prática de crimes de furto contra pessoas e património.

DOCUMENTOS

No quarto de Tiago, foram encontrados diversos documentos, cartões bancários, presumivelmente furtados.

FAMÍLIA

Casal e três filhos, dois dos quais menores. Uma família aparentemente com recursos financeiros.

VIZINHOS

Dizem que nunca viram nem ouviram sinais de violência doméstica entre o casal ou entre o pai e o filho.

TELEMÓVEL

Os familiares mais próximos disseram à polícia que não tinham o número de telefone de Tiago.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)