Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Filho que mandou traficante matar a mãe queria a herança

Nuno Leopoldino contratou a morte da própria mãe, Maria Costa, que foi esfaqueada em Oeiras.
Sérgio A. Vitorino 21 de Maio de 2020 às 09:08
Prédio onde ocorreu o crime em Queijas, Oeiras
Prédio onde ocorreu o crime em Queijas, Oeiras FOTO: João Aveiro / CMTV
Nuno Leopoldino, o homem de 40 anos que contratou ao seu traficante, de 38, a morte da própria mãe, Maria Costa, 64 anos, queria mais que os 10 euros e cartões bancários que retirou da carteira da vítima enquanto ela agonizava no chão de casa, após ter sido esfaqueada no pescoço pelo traficante enquanto o filho aguardava no carro à porta, em Queijas, Oeiras.

O CM sabe que o homem, motorista de carros de turismo, queria a herança, que contempla a casa do crime, ocorrido a 13 de abril. Nuno é filho único e foi detido três dias após o homicídio. Já o autor material foi apanhado na terça-feira. Estão ambos em prisão preventiva.
Oeiras Nuno Leopoldino Maria Costa Queijas crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários