Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Fizeram vinte furtos no metropolitano

Com uma subtileza que nunca levantou desconfianças, dois homens, de 29 e 36 anos, andaram durante um ano a efectuar furtos a passageiros em várias estações do metro de Lisboa. A PSP anunciou ontem a detenção de ambos, que estão agora em prisão preventiva aguardando julgamento por 20 destes furtos.
14 de Março de 2007 às 00:00
Os suspeitos foram detidos no Metro do Cais do Sodré
Os suspeitos foram detidos no Metro do Cais do Sodré FOTO: Jorge Godinho
A investigação começou há onze meses. Os suspeitos, residentes em quartos de uma pensão de Lisboa, foram detidos em flagrante a efectuar um furto. Feita uma busca domiciliária aos alojamentos de ambos, foi possível recuperar diversos artigos furtados.
Colocados em liberdade, os dois indivíduos continuaram com a prática criminosa. A sua acção era exercida especialmente nos interfaces do Campo Grande, Entrecampos, Sete Rios, Baixa/Chiado, Alameda e Cais do Sodré.
“Movimentavam-se nas escadas rolantes, onde abriam as mochilas e malas das vítimas. Tiravam carteiras, telemóveis e outros artigos, tudo para comprar droga. São suspeitos de 20 furtos”, refere o comunicado ontem divulgado pela PSP.
Na sexta-feira, uma brigada da Divisão CP/Metro da PSP deteve os dois, em flagrante, na estação do Cais do Sodré.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)