Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Fogo destrói armazém de chinelos

O alerta de um fogo de grandes dimensões chegou à central dos bombeiros de Vila do Conde, por volta das 00h15.
9 de Junho de 2012 às 01:00
Armazém ficou destruído
Armazém ficou destruído FOTO: Rafaela Cadilhe

Quando a corporação chegou ao local, o armazém de venda de chinelos, na zona industrial da Varziela, mais conhecida por ‘China Town’, na freguesia de Árvore, já estava completamente tomado pelas chamas. Durante duas horas, cerca de 90 bombeiros combateram, insistentemente, o fogo que reduziu a cinzas o pavilhão de vendas.

A origem das chamas ainda não é conhecida, mas os bombeiros não colocam de lado a possibilidade de se ter tratado de um curto-circuito. "O armazém tinha milhares de pares de chinelos, muitos deles apenas feitos de borracha e pano, o que aumentou a carga térmica. Também as caixas dos sapatos aumentaram a combustão", disse ao CM o comandante dos bombeiros de Vila do Conde, Joaquim Moreira.

Um dos principais medos dos restantes comerciantes do ‘China Town’ era a propagação do fogo para os armazéns contíguos. "Estávamos todos com medo das chamas, mas os bombeiros preocuparam-se logo em proteger as nossas lojas de roupa", contou uma vendedora.

Durante todo o dia de ontem, os bombeiros mantiveram-se no local para evitar um reacendimento. "As chamas foram circunscritas às 02h00, mas a combustão foi muito lenta e como havia o receio de mandar bombeiros para o armazém, uma vez que o risco da estrutura se danificar era muito grande, fizemos o rescaldo dos carros, com jactos de água", acrescentou o comandante.

O fogo também destruiu uma rulote de venda de comida e uma carrinha de mercadorias, ambas dos donos do armazém. n

Fogo Armazém Bombeiros
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)