Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Fogo destrói mata

O alerta chegou ao início da tarde de ontem ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha, dando conta de um incêndio numa zona de mato, em Vila Nova de Fusos. Porém, o que parecia um simples incêndio tornou-se num pesadelo que durou mais de quatro horas, até ser dominado. A PJ foi chamada ao local, por existirem suspeitas de fogo posto.

6 de Outubro de 2012 às 01:00
Mais de 80 bombeiros combateram o violento incêndio em mato
Mais de 80 bombeiros combateram o violento incêndio em mato FOTO: Rui Miguel Pedrosa

Quando a corporação chegou ao local, deparou-se com quatro frentes activas. As chamas lavraram numa extensa área florestal, chegando a colocar em risco um aviário. O fogo não chegou a ameaçar habitações.

Apoiados por 24 veículos, incluindo dois helicópteros, mais de 80 bombeiros combateram o violento incêndio. Durante a tarde, as chamas recuaram, mas voltaram, depois, a progredir. De acordo com informações da página da internet da Protecção Civil, uma das frentes começou a progredir cerca das 18h30, num local de difícil acesso aos autotanques.

A corporação só conseguiu descansar quando a noite chegou e o incêndio foi considerado dominado. À hora do fecho desta edição, os bombeiros permaneciam no local, mas ainda não era conhecida a extensão da área ardida. A Judiciária de Aveiro está a investigar a origem do incêndio, por existirem suspeitas de mão criminosa.

FOGO INCÊNDIO CHAMAS ALBERGARIA-A-VELHA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)