Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Fogo em carro provoca pânico

Moradores não puderam dormir em casa devido à dificuldade de exaustão do fumo.
11 de Maio de 2014 às 17:30
O veículo, da marca Skoda Octavia, ficou completamente destruído. O fumo era altamente tóxico
O veículo, da marca Skoda Octavia, ficou completamente destruído. O fumo era altamente tóxico FOTO: secundino cunha

Um incêndio num carro, provocado por um curto-circuito, na garagem de um prédio da rua nº 3 do lugar de Faial, na vila de Prado, Vila Verde, obrigou à evacuação do edifício, anteontem à noite. Os 40 moradores, que viveram momentos de pânico, tiveram de pernoitar na casa de familiares.

O condutor da viatura, de 34 anos, estaria prestes a sair da garagem. Um mau contacto entre a ignição e a bateria terá estado na origem do fogo. O alerta chegou aos Bombeiros de Vila Verde pelas 21h00. As chamas foram extintas em menos de 30 minutos. No entanto, a grande dimensão da garagem e o facto de ter apenas uma saída obrigaram os voluntários a chamar a Proteção Civil de Vila Verde.

O fumo poluente e os gases tóxicos emitidos após o incêndio poderiam colocar em risco a saúde dos moradores, forçando a evacuação do edifício de quatro pisos. Os residentes receberam apoio da Câmara de Vila Verde e da GNR. Foram aconselhados a não dormirem em casa
e conduzidos à residência dos familiares mais
próximos.

A dificuldade de exaustão dos componentes tóxicos obrigou à permanência dos bombeiros e dos elementos da Proteção Civil até à 01h00 de ontem.

As chamas deixaram a viatura completamente destruída. Alguns fios de eletricidade e outros bens da garagem ficaram queimados. Nenhum morador sofreu ferimentos.

incêndio Vila Verde carro pânico Prado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)