Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Foi apanhado a conduzir alcoolizado duas vezes na mesma noite e ameaçou matar militares da GNR

Homem foi intercetado pela patrulha da GNR no sábado e na madrugada de domingo, em Santa Maria da Feira.
Francisco Manuel e Ana Silva Monteiro 14 de Agosto de 2019 às 17:47
 Fiscalização com alcoolímetro
Fiscalização com alcoolímetro FOTO: Pedro Catarino

Um homem de 53 anos foi detido duas vezes na mesma noite a conduzir alcoolizado. O suspeito ameaçou matar os dois guardas da patrulha e voltou a conduzir após a primeira detenção em que apresentou uma taxa de alcoolemia de 3,18 g/l

Tudo aconteceu na noite de sábado e madrugada de domingo.

Rodrigo Moreira foi intercetado pelas 23h00 de sábado pela patrulha da GNR quando conduzia o automóvel na Estrada Nacional 1 em São João de Ver, Santa Maria da Feira. O homem apresentou uma taxa de alcoolemia de 3,18 g/lt.

Já no Posto da GNR de Lourosa ameaçou atropelar e matar cada um dos militares da patrulha. O homem de 53 anos foi notificado de que não poderia conduzir a viatura nas 12 horas seguintes e que o automóvel não poderia circular porque também não tinha seguro.

Apesar da advertência, voltou ao volante e pelas 03h00 de sábado foi novamente apanhado por uma outra patrulha, na Rua Central em São João de Ver.

Rodrigo Moreira foi presente a tribunal na segunda-feira e pediu prazo para preparar a sua defesa. Volta ao tribunal no dia 28 de agosto para ser julgado nos processos de álcool e ameaças aos guardas.

No dia 29 terá de se apresentar novamente para ser julgado, desta vez pelos crimes de desobediência.

Rodrigo Moreira é também suspeito de ter incendiado o automóvel de um homem com quem se desentendeu há alguns meses.

Está também indiciado em vários processos de injúrias e ameaças a agentes de autoridade.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)