Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

"Foi envolvida sem saber e foi morta": Leia na íntegra o comunicado da família da jovem morta a tiro em assalto

Inês Carvalho, de 23 anos, morreu durante a madrugada desta quinta-feira, após ter ido com o namorado, alegadamente, para furtar carros.
Correio da Manhã 25 de Setembro de 2020 às 18:13
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
Inês Carvalho
"Jovem, boa filha, cidadã cumpridora dos seus deveres e responsável": é desta forma que a família enlutada descreve Inês Carvalho, a mulher de 23 anos que foi morta a tiro durante um assalto em S. João da Madeira, durante a madrugada desta quinta-feira, após ter ido com o namorado, alegadamente, para furtar carros. 

"A família da Inês Carvalho está de luto e lamenta profundamente que uma jovem, boa filha, cidadã cumpridora dos seus deveres e responsável tenha sido apanhada na malha de pessoas envolvidas em processos de violação da lei. A Inês desconhecia o lado marginal da vida dos jovens em causa. Foi infelizmente envolvida sem saber e foi morta. Não há dor maior que perder uma filha, uma irmã", pode ler-se no comunicado enviado ao CM.

Os familiares garantem que não irão prestar declarações e que aguardam agora que as "autoridades façam o seu trabalho no apuramento da verdade".

Leia o comunicado na íntegra:
"Boa tarde.

A família da Inês Carvalho está de luto e lamenta profundamente que uma jovem, boa filha, cidadã cumpridora dos seus deveres e responsável tenha sido apanhada na malha de pessoas envolvidas em processos de violação da lei. A Inês desconhecia o lado marginal da vida dos jovens em causa. Foi infelizmente envolvida sem saber e foi morta. Não há dor maior que perder uma filha, uma irmã. 

Esperemos que as autoridades façam o seu trabalho no apuramento da verdade .

A família não vai prestar declarações e repudia todas as considerações sobre a Inês que têm sido publicadas desde ontem. 

Aos orgãos de comunicação social pedimos para não violarem o direito ao luto, à privacidade e pedimos para não difamarem a reputação de alguém que não conhecem. 

Obrigada."

Inês Carvalho PSP S. João da Madeira crime lei e justiça crime
Ver comentários