Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Foragido mente e escapa à GNR

Evadido da cadeia há vários meses, João Manuel Pereira foi apanhado pela GNR, em Ovar, a conduzir um carro furtado, mas acabou por ser solto depois de apresentar uma identidade que se viria a revelar falsa. Só depois é que a GNR deu conta do erro, mas já era tarde: o homem continua foragido.
7 de Junho de 2012 às 01:00
GNR apanhou presidiário, que estava evadido há vários meses, quando conduzia um carro furtado
GNR apanhou presidiário, que estava evadido há vários meses, quando conduzia um carro furtado FOTO: José Rebelo

Tudo se passou na noite do último sábado. O evadido, de 39 anos e condenado a uma pena de 16 anos de prisão por múltiplos furtos, foi interceptado pela patrulha da GNR em Válega, Ovar, ao volante de um carro roubado. Não tinha carta de condução e, no interior do automóvel, estavam vários objectos furtados de outros veículos e residências.

Foi detido e levado para o posto. Não tinha documentos consigo e identificou-se verbalmente. Os guardas confirmaram junto da PSP o nome e a morada que João lhes deu. Libertaram-no depois de o terem constituído arguido e notificado para comparecer, na segunda--feira, em tribunal.

Só mais tarde é que a investigação criminal da GNR se apercebeu que tiveram nas mãos um homem procurado pela justiça.

Na segunda-feira, os militares da GNR foram ao tribunal para serem ouvidos, mas João não compareceu e o julgamento sumário não se iniciou, baixando o caso a inquérito. 

OVAR RECLUSO GNR CARRO FURTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)