Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Força da água destrói bens e arrasa sonhos (COM VÍDEO)

Maria Rosa Sobreiro, 57 anos, não conseguiu conter as lágrimas ao olhar para o que restava do seu SPA de Estética, na cave do Clube Nacional de Ginástica, na Parede, concelho de Cascais.
20 de Novembro de 2011 às 01:00
Cerca de 50 pais, funcionários e ex-alunos limparam ontem de manhã o Externato Eduarda Maria, na Parede onde ficaram retidas, devido às chuvadas, 200 crianças
Cerca de 50 pais, funcionários e ex-alunos limparam ontem de manhã o Externato Eduarda Maria, na Parede onde ficaram retidas, devido às chuvadas, 200 crianças FOTO: Pedro Catarino

A chuva intensa que anteontem ali caiu destruiu um projecto de vida. "Estão aqui 30 anos da minha vida, fiquei sem nada. Lá dentro estão 150 mil euros de material completamente estragado", explicou. "Endividei-me para montar o SPA e agora não tenho dinheiro nem trabalho. Sei que é difícil lutar contra a acção da natureza, mas a Câmara de Cascais tem culpa. As sarjetas não são limpas e ninguém se responsabiliza".

A poucos metros, cerca de 50 pais, funcionários e ex-alunos do Externato Eduarda Maria, de onde 200 crianças foram retiradas pelas janelas, na tarde anterior, ultimavam as limpezas. Segundo Maria de Jesus, directora, "a falta de limpeza das sarjetas e o estreitamento da ribeira das Marianas só adensaram o problema, que não é novo. Em cinco minutos a água entrou e estragou tudo. São mais de 50 mil euros de prejuízos". O externato abre amanhã. Contactada pelo CM, a Câmara de Cascais garantiu que a ribeira e as sarjetas "estavam devidamente limpas". 

MAU TEMPO OEIRAS CASCAIS ÁGUA CHUVA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)