Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Fragata portuguesa vai em missão defender porta-aviões

27 mulheres e 144 homens partiram da Base Naval de Lisboa para o Atlântico Norte.
Patrícia Lima Leitão 9 de Março de 2020 às 08:41
Guarnição é composta por 171 militares, 27 dos quais mulheres
Famílias despediram-se na Base Naval de Lisboa
Militares vão ajudar a proteger o porta-aviões francês ‘Charles de Gaulle’ e participar em vários exercícios
Guarnição é composta por 171 militares, 27 dos quais mulheres
Famílias despediram-se na Base Naval de Lisboa
Militares vão ajudar a proteger o porta-aviões francês ‘Charles de Gaulle’ e participar em vários exercícios
Guarnição é composta por 171 militares, 27 dos quais mulheres
Famílias despediram-se na Base Naval de Lisboa
Militares vão ajudar a proteger o porta-aviões francês ‘Charles de Gaulle’ e participar em vários exercícios
A fragata ‘Corte-Real’, da Marinha Portuguesa, partiu este domingo de manhã da Base Naval de Lisboa para uma missão no Atlântico Norte de escolta ao porta-aviões francês ‘Charles de Gaulle’. O navio português integra uma força-tarefa constituída por meios de várias nacionalidades. 27 mulheres e 144 homens despediram-se este domingo das famílias.

A cerimónia de partida foi presidida pelo secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches. No discurso que proferiu, desejou "bons ventos, mar de feição e água estável", deixando também uma palavra especial ao género feminino no Dia Internacional da Mulher.

"É a minha primeira vez a navegar, estou nervosa e com medo de enjoar", revelou Larissa Trulia, segunda-marinheira. Já a comandante Helena Santos, chefe de operações, está confiante na missão, que termina a 15 de abril. "Já me despedi dos meus filhos, de quem vou ter muitas saudades", referiu.

"As nossas principais capacidades são submarinas e de superfície aérea e é assim que vamos dar a proteção e segurança ao porta-aviões", contou o comandante Coelho Gomes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)