Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

FRANCISCO E GLÓRIA CASARAM HÁ 75 ANOS

Uma das mais belas histórias de amor conheceu ontem novo capítulo na igreja de Reguengo do Fétal, Batalha, onde Francisco Gomes Calado e Glória Ribeiro Calado celebraram 75 anos de casamento. Centena e meia de familiares e amigos participaram na cerimónia, abençoando aquela que é, com certeza, uma das uniões mais longas e um exemplo para os mais jovens.
21 de Julho de 2004 às 00:00
“Os meus pais tiveram problemas, mas souberam resolvê-los e ultrapassá-los”, sublinhou Joaquim Calado, um dos dois filhos do casal, que conta quatro netos e cinco bisnetos.
Francisco e Glória, hoje com 96 e 94 anos, nasceram sem posses, foram obrigados a lutar ao longo da vida e acabaram por tornar-se figuras conhecidas e estimadas na localidade onde vivem.
Alfaiate de profissão, mas poeta popular de coração, Francisco foi secretário da junta de freguesia, fundador do rancho e fundador e dirigente da Casa do Povo, enquanto Glória trabalhava no campo. “A minha mãe transportou milhares de cabazes de fruta à cabeça para os mercados de Leiria, Batalha e Alcobaça”, recordou Joaquim Calado.
Ontem, os noivos estavam calmos e felizes. Para o padre Virgílio Francisco, que celebrou a boda, eles são “um testemunho de serenidade, confiança e entreajuda”. O casal vive há 12 anos no Centro Paroquial de Assistência de Reguengo do Fétal, mantendo a autonomia e uma lucidez apreciável.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)