Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

FUGIRAM DE TÁXI

Dois indivíduos de nacionalidade brasileira foram detidos pela PSP de Castelo Branco depois de anteontem à tarde terem assaltado à mão armada uma ourivesaria da cidade e se terem posto em fuga num táxi.
20 de Agosto de 2004 às 00:00
Ladrões tentaram roubar 52 mil euros em artigos de ouro
Ladrões tentaram roubar 52 mil euros em artigos de ouro FOTO: Lídia Barata
Os dois indivíduos, de 20 anos de idade, entraram no estabelecimento armados com uma pistola, que se veio a verificar ser de alarme, e uma navalha de ponte e mola, tendo levado 269 artigos de ouro, entre anéis, pulseiras, medalhas e fios, tudo avaliado em 52 mil euros.
Os suspeitos, que estão em Portugal há três anos em situação legal, também levaram cordas e panos para prender as duas funcionárias que estavam na loja. Enquanto um se encarregou de ameaçar as mulheres, o outro limpou as prateleiras e meteu o material numa mochila.
Entretanto, um agente da PSP que se encontrava perto, suspei- tou dos indivíduos ao vê-los sair da loja a correr, com uma mochi-la, em direcção à praça de táxis.
Os brasileiros ainda apanharam um táxi e pediram para ir até à Covilhã, mas 100 metros à frente a viatura foi interceptada pela Polícia. Apesar de na altura se encontrarem de arma em punho, os gatunos não ofereceram resistência.
A PSP deteve os indivíduos, recuperou todos os artigos roubados e apreendeu as armas.
Para Martins da Cruz, comandante da PSP de Castelo Branco, o assalto foi meticulosamente planeado. "Estiveram na ourivesaria a perguntar o preço de uns brincos, aperceberam-se que o sistema de segurança não era muito rígido e que ali perto estava uma praça de táxi", salientou o oficial da PSP.
Ver comentários