Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Fugitivo do TIC julgado por roubo

Emanuel levou peças de ouro no valor total de 15 mil euros.
Ana Isabel Fonseca 26 de Novembro de 2019 às 09:24
A carregar o vídeo ...
Fugitivo do TIC julgado por roubo

Emanuel Santos, um dos gémeos que fugiu do Tribunal de Instrução Criminal do Porto há cerca de um ano, vai ser julgado amanhã por furto qualificado. O julgamento irá ocorrer no Tribunal de Santa Maria da Feira e em causa está um assalto a uma casa localizada naquela mesma cidade. O arguido, de 35 anos e que está em prisão preventiva, está acusado de furtar várias peças em ouro, avaliadas num total de 15 mil euros.

O Ministério Público não conseguiu apurar no inquérito a data exata do crime, mas tudo indica que tenha ocorrido entre os dias 16 e 18 de outubro de 2015. Emanuel conseguiu, de forma não apurada, abrir uma das janelas da residência e aceder ao seu interior. Remexeu várias divisões da casa e apoderou-se de diversos artigos em ouro, como brincos, anéis, um cordão, um medalhão, moedas de coleção, entre outros.

"O arguido agiu com o propósito, concretizado, de fazer seus todos os bens e valores mencionados, bem sabendo que os mesmos não lhe pertenciam e que agia sem conhecimento e contra a vontade do seu proprietário", lê-se na acusação do Ministério Público, que foi deduzida já após o arguido ter sido detido por assaltar dezenas de idosos no Grande Porto.

Emanuel foi tramado pelas impressões digitais que deixou na janela da casa que assaltou. Este arguido, que está na cadeia, aguarda também que seja marcado o julgamento relativo aos roubos. Nesse processo é suspeito de 30 roubos e 25 furtos, que renderam 430 mil euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)