Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Fumo em casa mata octogenário

Um homem de 82 anos morreu ontem de manhã intoxicado pelo fumo do incêndio ateado num sofá do apartamento onde residia, na Trofa.
14 de Fevereiro de 2005 às 00:00
O casal vivia só
O casal vivia só
Eduardo Sá, de 82 anos, viva com a mulher, Luísa Sá no 2.º andar da rua Gil Vicente, e não deu pelo fumo e gases que lentamente se iam libertando de um sofá, uma ‘senhorinha’, no quarto onde dormia.
Foi Luisá Sá, também de 82 anos, que alertou a vizinhança com os seus gritos de desespero. Um dos inquilinos ainda tentou socorrer o idoso, mas a espessura dos fumos não o permitiu. Só os bombeiros, equipados de máscaras conseguiram resgatar o corpo.
João Silva, comandante dos Voluntários da Trofa, não pôde identificar a origem do fogo, até porque o idoso não era fumador.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)