Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Funchal proíbe animais em circo

Empresários do setor estudam forma de contornar medida e temem prejuízos avultados.
10 de Novembro de 2014 às 09:59
Circo
Circo FOTO: Gleb Garanch / Reuters

A autarquia do Funchal (Madeira) vai proibir o espetáculo de circo com animais e animações de rua com aves de rapina, medidas já contestadas pelos empresários circenses que temem prejuízos.

"Os circos tinham espetáculos com as chamadas aberrações, pessoas que pelas características físicas eram expostas em espetáculos degradantes. Houve uma evolução cultural e hoje estamos num outro patamar civilizacional",explica ao Correio da Manhã Paulo Cafôfo, presidente da Câmara do Funchal, justificando que existe uma exposição dos animas à dor e ao medo: "Vamos fiscalizar intensivamente e impedir os espetáculos de rua com aves de rapina". Rui Carvalho, representante na Madeira doCirco Mundial, estuda "formas de contornar a medida". "Vai trazer prejuízos enormes", acusa.

A Câmara Municipal do Funchal implementou ainda um programa de esterilização aos animais errantes [cães e gatos vadios] e vai gastar 50 mil euros na recuperação do canil municipal. Outra iniciativa é uma campanha de sensibilização junto das escolas.

Funchal circo animais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)