Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Funcionários do MP suspeitos de desvios

O Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária de Aveiro, em colaboração com o Departamento de Investigação e Acção Penal do Ministério Público da mesma cidade, identificou e constituiu arguidos seis funcionários do Ministério Público de Águeda, por suspeitas de peculato. As diligências foram feitas ao longo desta semana e está em causa o desvio de material contrafeito que estaria apreendido no âmbito dos inquéritos.
9 de Maio de 2009 às 00:34

O valor da fraude ainda não está determinado. A investigação nasceu de uma inspecção feita pelo Ministério da Justiça que terá detectado a ilegalidade. O caso deverá ser imediatamente alvo de procedimento disciplinar e os funcionários poderão vir a ser suspensos. Ao longo da próxima semana, cinco dos seis funcionários vão ser ouvidos em primeiro interrogatório. Um deles já foi interrogado pelo juiz e, além de ter sido sujeito a apresentações periódicas às autoridades, foi imediatamente suspenso de funções. A PJ não deteve nenhum deles, porque ao abrigo das novas regras penais tal não é possível. Foram previamente marcados os interrogatórios.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)