Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Funcionários judiciais ameaçam fazer greve

Em causa o atraso na apresentação da proposta de alteração dos estatutos.
16 de Junho de 2017 às 08:38
Francisca Van Dunem
Francisca Van Dunem
Francisca Van Dunem
Francisca Van Dunem
Francisca Van Dunem
Francisca Van Dunem
Os funcionários judiciais ameaçam fazer greve por causa do atraso na revisão dos seus estatutos, prometida desde a reforma judiciária de setembro de 2014 .

O Sindicato dos Funcionários Judiciais deu um prazo de dez dias para que o Ministério da Justiça responda às solicitações para discutir as alterações. Do lado do Ministério, é dito que o documento ainda não está finalizado e as duas parte deverão reunir-se na próxima semana.

De acordo com o avançado a um jornal nacional pelo presidente do sindicato, Fernando Jorge, a Ministra da Justiça terá prometido em março a alteração dos estatutos. Contudo, até agora ainda nada foi adiantado, pelo que a organização sindical dá  um prazo de dez dias ao Ministério para apresentar as propostas de alterção da lei que define as funções da classe.

Os funcionários judiciais juntam-se assim aos juízes e magistrados do Ministério Público, que também ameaçam fazer greves, apontando para o mês de agosto.


Sindicato dos Funcionários Judiciais Ministério da Justiça Fernando Jorge ameaça greve justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)