Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Funcionários judiciais com serviços mínimos

O Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ) afirma-se indignado com a imposição de serviços mínimos nos períodos da greve, nos dias 29, 30 de Setembro e 3, 4 de Outubro, informação ontem recebida por Despacho Conjunto dos ministros da Justiça e do Trabalho e Solidariedade. O SFJ contesta a legalidade do despacho.
27 de Setembro de 2005 às 00:00
“Espero vivamente que os sindicatos reconsiderem e não vão para a frente [com a greve]”, disse ontem Alberto Costa, ministro da Justiça.
Os protestos foram agendados ainda antes de Jorge Sampaio, Presidente da República, convidar representantes dos funcionários da justiça para reuniões individuais, no Palácio de Belém, hoje e amanhã – no dia 6 de Outubro, será ouvido Rogério Alves, bastonário da Ordem dos Advogados. O ministro da Justiça diz apenas considerar “muito natural a atenção do sr. Presidente”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)