Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Funeral de tenente-coronel Marcelino da Mata decorre na segunda-feira em Sintra

Militar do Exército mais condecorado da guerra do Ultramar morreu aos 80 anos, vítima de Covid-19.
13 de Fevereiro de 2021 às 09:17
Marcelino da Mata, de 80 anos
Marcelino da Mata, de 80 anos FOTO: Direitos Reservados
A última homenagem ao tenente-coronel Marcelino da Mata, militar do Exército mais condecorado da guerra do Ultramar, decorre na segunda-feira, pelas 11h00, no cemitério de Queluz-Belas, em Sintra.

Devido às restrições motivadas pela pandemia, o acesso à cerimónia será condicionado. As honras militares serão prestadas no exterior do cemitério.
Marcelino da Mata morreu na quinta-feira, aos 80 anos, no Hospital Amadora-Sintra, onde se encontrava internado e infetado com Covid-19. Reformado desde 1980, teve 12 filhos.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Marcelino da Mata Sintra Queluz-Belas questões sociais morte
Ver comentários