Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Furtava cortiça e oliveiras para vender

Um homem de 63 anos foi apanhado em flagrante a furtar cortiça na zona da Benedita, revelou ontem a GNR. O detido é ainda suspeito do furto de oliveiras.
7 de Junho de 2006 às 00:00
O sexagenário estava a retirar a cortiça à luz do dia quando foi interceptado pelas autoridades, num terreno próximo da Estrada Nacional n.º 1. Em sua posse tinha 235 quilos de placas de cortiça furtadas, que foram avaliadas em 375 euros.
Pelos dados recolhidos pelas autoridades, tudo indica que o detido é também o responsável pelo furto de várias oliveiras, ocorridos nos últimos dias em três terrenos da Benedita.
O homem dedica-se à compra e venda de lenha e fazia transportar-se numa viatura, cujas referências coincidem com as do veículo que foi visto a circular junto aos campos onde ocorreram os furtos.
Segundo um elemento da GNR, o suspeito cortava as árvores e retalhava-as no local, para tornar mais fácil o carregamento e o transporte.
Nas três queixas efectuadas no posto da GNR, foram apresentados prejuízos no valor total de 800 euros.
O detido foi ouvido ontem por um juiz de Instrução Criminal, constituído arguido e ficou a aguardar julgamento com termo de identidade e residência.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)