Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Furto de relógios e artigos de ouro

Cinco indivíduos encapuzados assaltaram, na madrugada de ontem, a Bruno Joalharia, na rua do Comércio, uma das mais movimentadas de Almancil. Furtaram relógios e artigos em ouro, avaliados em dezenas de milhar de euros.
12 de Maio de 2010 às 00:30
Bruno Joalharia, numa das ruas mais movimentadas de Almancil, foi assaltada ontem
Bruno Joalharia, numa das ruas mais movimentadas de Almancil, foi assaltada ontem FOTO: Nuno Jesus

Os assaltantes partiram o vidro da montra e arrombaram o gradeamento, demorando menos de cinco minutos. Fugiram num BMW M5 estacionado no local, depois de dispararem três tiros para o ar.

"Foi tudo muito rápido, ouvi um estrondo de vidros a partirem-se e vim à janela da minha casa", contou ao CM um vizinho que pediu o anonimato. "Ainda fui a tempo de ver três indivíduos, armados com pistolas, a correr em direcção a uma viatura estacionada perto, onde estavam cúmplices", continua, "vizinhos atiraram-lhes pedras e toda a espécie de objectos que tinham à mão, em resposta, os assaltantes dispararam três tiros e toda a gente teve de se refugiar em casa".

Pouco depois, chegava uma patrulha da GNR, alertada pelo alarme ligado ao posto que se situa a cerca de trezentos metros, mas já não teve qualquer contacto visual com os assaltantes.

O proprietário da joalharia era dono da loja do mesmo género que, há cerca de seis anos, foi assaltada no Centro Comercial Doza, em Almancil. O roubo acabaria com a morte de um dos assaltantes, atingido pelo cabo Deus, da GNR, que também ficaria ferido na troca de tiros que se registou.

O comerciante, farto de assaltos naquele local, deslocou o estabelecimento para uma zona mais movimentada, mas sem êxito.

A Polícia Judiciária de Faro tomou conta da investigação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)