Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Furto em sapataria rende 25 mil euros em Paredes

Partiram porta de loja para roubar artigos caros.
Nelson Rodrigues 19 de Outubro de 2019 às 09:48
Ladrões partiram a porta da sapataria para consumar o assalto em Paredes
Francisco Alves fala de prejuízos elevados
Ladrões partiram a porta da sapataria para consumar o assalto em Paredes
Francisco Alves fala de prejuízos elevados
Ladrões partiram a porta da sapataria para consumar o assalto em Paredes
Francisco Alves fala de prejuízos elevados
Malas de mulher, sapatos, cintos e malas de viagem. Os artigos mais caros e de marca que estavam na montra da sapataria Bag Store, em Baltar, Paredes, foram todos furtados durante a madrugada de sexta-feira. O proprietário fala em prejuízos que ascendem aos 25 mil euros.

Para entrar na loja, na avenida dos Bombeiros Voluntários, os ladrões partiram a porta principal. "Eles já sabiam o que queriam pois roubaram apenas os produtos de maior valor e que eram da nova coleção, tendo chegado recentemente. Deixaram a minha loja verdadeiramente despida", referiu ao CM Francisco Alves, proprietário do estabelecimento.

Este é o terceiro assalto à loja no espaço de pouco mais de um ano. O primeiro roubo ocorreu em março de 2018 e os ladrões partiram a porta a tiro de caçadeira. Nesse dia, na loja, Francisco Alves encontrou ainda paralelos. Este roubo rendeu quase 20 mil € em artigos. No segundo ataque, no passado mês de agosto, os assaltantes partiram a montra.

"É normal sentir enorme insegurança com esta vaga de furtos. Assim é inconcebível trabalhar. Sei que tem havido roubos nas lojas que vendem artigos da Cavalinho aqui em Paredes, no Marco de Canaveses e em Paços de Ferreira. São objetos que se vendem facilmente nas feiras", referiu ainda. O caso está a ser investigado pela GNR do posto de Paredes.

PORMENORES
Prédio habitacional
Apesar da sapataria se localizar numa zona habitacional, num prédio de vários andares, ninguém se terá apercebido do furto. O alerta para o ataque foi dado pouco depois das 03h00. Não se sabe quantos assaltantes cometeram o crime.

Alerta dado pela GNR
Após terem partido a porta, os assaltantes ainda conseguiram elevar a grade de segurança sem a danificar. Foi a GNR que contactou Francisco Alves, ontem de madrugada, e que o informou que a sua loja tinha sido alvo de um furto.
Ver comentários