Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Furtos de bovinos rendem milhares

Cerca de quatro dezenas de bovinos foram furtadas em apenas um mês. Produtores estão desesperados com prejuízos de vários milhares de euros.
27 de Outubro de 2013 às 10:40
Bovino
Bovino FOTO: CMTV

Desesperados com a onda de furtos, os produtores de gado montaram uma vigilância apertada aos pastos. Em apenas um mês, o número de cabeças de gado furtadas já atinge as quatro dezenas e os prejuízos ascendem a vários milhares de euros. Há duas semanas, o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Águeda e alguns populares perseguiram uma Ford Transit onde seguiam dois ladrões que tinham acabado de furtar dois bovinos, mas perderam-lhe o rasto nos caminhos por entre os campos. Os concelhos de Aveiro, Albergaria-a-Velha e Estarreja são os mais afetados .

"Houve um casal de idosos que foi assaltado recentemente. A mulher chorava desesperada", contou ao CM José Teixeira, um produtor de gado de Angeja, Albergaria-a-Velha, a quem também furtaram três cabeças de gado, causando um prejuízo superior a três mil euros.

A GNR está a investigar esta onda de furtos, mas até agora sem resultados. Os produtores, desesperados, decidiram fazer, eles próprios, vigilâncias aos pastos. "Não temos sossego", afirmou António Berbigão.

"Andamos nós a vigiar os nossos animais, porque não vemos resultados. Umas vezes os pais, outras vezes os filhos, porque temos de proteger o que é nosso", acrescentou Aurélio Almeida.

Com a chegada da chuva, os animais são levados para o monte o que, segundo os produtores, dificulta a vigilância.

Esta onda de assaltos ocorre dois anos após uma outra em que terminou com a identificação de três suspeitos.

ROUBO BOVINOS AGUEDA AVEIRO ALBERGARIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)