Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Fuzileiros heróis salvam jovem da morte

Estudante tentava atravessar rio Mondego a nado e ficou em apuros.
Paula Gonçalves 12 de Maio de 2019 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Estudante tentava atravessar rio Mondego a nado e ficou em apuros.
João Cardoso, 38 anos, e Helder Marques, de 39, militares da Marinha, estavam este sábado a fazer o seu treino matinal, pelas 08h10, junto à ponte de Santa Clara, em Coimbra, quando foram alertados por pessoas a gritar que "um estudante estava a afogar-se no rio" Mondego.

Sem hesitar, os cabos fuzileiros, que estão a participar nas celebrações do Dia da Marinha no Parque Verde do Mondego, lançaram-se à água e salvaram o jovem.

A vítima estava a tentar atravessar o Mondego após uma noite de diversão da Queima das Fitas. Mas a 50 metros da margem, numa zona com três metros de profundidade, entrou em dificuldades.

"Quando chegámos junto dele estava a ficar inconsciente, mas conseguimos puxá-lo e trazê-lo para a margem", conta João Cardoso.

Uma tarefa complicada mesmo para dois militares da Marinha com o curso de nadadores-salvadores. "A água estava muito fria e como é água doce o nível de flutuabilidade da vítima é praticamente nulo", acrescenta Helder Marques.

Por outro lado, o jovem tinha mais de 1,80 metros de altura e como se sentia "muito cansado não foi muito colaborante, o que tornou o resgate mais difícil, mas conseguimos", descreve.

A rápida intervenção evitou o pior. Os dois militares acreditam que mais uns minutos e o desfecho poderia ter sido outro: "Foi uma casualidade estarmos ali a passar naquele momento".

Já em terra firme, e com o INEM no local, o jovem recusou ir para o hospital. E agradeceu aos militares "com abraços e beijos".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)