Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Gang culpa tradutora por estar na cadeia

Seis georgianos estão a ser ouvidos por assaltos a várias residências.
Ana Silva Monteiro 9 de Março de 2017 às 08:23
Justiça
Juiz
Justiça
Juiz
Justiça
Juiz
Os seis georgianos que começaram esta quarta-feira a ser julgados no Porto por vários assaltos a casas em todo o País recusaram prestar declarações.

Alegaram que a intérprete que traduziu os seus depoimentos, na fase de inquérito do processo, fê-lo em russo (língua que não falam por questões culturais) e com erros grosseiros que constam da acusação e os levaram à prisão preventiva.

As vítimas ouvidas esta quarta-feira não conseguiram identificar os suspeitos.
Porto crime lei e justiça lei internacional assaltos residências georgianos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)