Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

GANG ROUBA DE CARRO

Um ‘gang’ de indivíduos provenientes dos concelhos de Oeiras e da Amadora é o principal suspeito de, durante as últimas três semanas, ter feito seis roubos a transeuntes.
8 de Outubro de 2003 às 02:07
Nestas ocorrências, as vítimas foram obrigadas a entrar nas viaturas dos assaltantes, nas quais, pelo menos por duas vezes, foram transportadas a caixas Multibanco para fazer levantamentos, sendo depois subtraídas de todos os bens, e abandonadas em locais ermos. O mesmo grupo é ainda suspeito de ter anteontem roubado o proprietário de um café em Linda-a-Velha, Oeiras.
“São indivíduos vindos do Bairro dos Navegadores, em Porto Salvo, do Bairro da Outurela, em Oeiras, e da Cova da Moura, na Buraca, Amadora, todos referenciados por roubos e furtos, a actuarem em conluio”, referiu uma das fontes policiais ouvidas pelo CM, que acrescentou terem “em todos os crimes, sido usadas viaturas furtadas”. A actividade do ‘gang’ terá começado na noite de 24 de Setembro, quando quatro elementos roubaram um automóvel em Cascais. Pouco depois, um homem foi abordado, e metido à força no veículo, onde lhe tiraram o dinheiro, telemóvel e cartões Multibanco. A vítima foi depois abandonada, sem agressões.
Dia 1 deste mês, o mesmo grupo voltou a atacar, desta vez na Parede. Depois de ter roubado outra viatura em Lisboa, quatro dos assaltantes ameaçaram, com arma de fogo, um jovem de 20 anos. Obrigada a entrar no automóvel dos assaltantes, a vítima viu ser-lhe subtraído todo o dinheiro que trazia e ainda um telemóvel, sendo depois expulsa da viatura. Anteontem, os ataques voltaram. Pouco depois das 00h00, um homem foi abordado, no centro da Amadora, por três outros. Obrigada a levantar 20 euros numa caixa Multibanco, a vítima foi abandonada na Quinta do Borel. A odisseia criminosa do grupo terá, ao que tudo indica, continuado pela 01h15, em Miraflores, Oeiras. Um homem de 26 anos ficou sem artigos pessoais.
Os outros dois crimes aconteceram no final do mesmo dia. Pelas 21h00, em Algés, Oeiras, um jovem de 17 anos ficou sem um telemóvel e foi obrigado a dirigir-se uma caixa Multibanco, depois de ter sido sequestrado. Cinquenta minutos depois, na Damaia, Amadora, quatro elementos do ‘gang’ coagiram um homem de 20 anos a entrar, ao que se pensa, no mesmo veículo, abandonando-o depois no bairro do Zambujal, na Buraca.
ESCOLHIAM NAMORADOS
São oito e têm sobre si fortes suspeitas da autoria de mais de duas dezenas de roubos a casais de namorados. Mas do seu currículo constam também assaltos a automobilistas isolados em viaturas, a bombas de gasolina e lojas de telemóveis e artigos desportivos. Vizinhos num bairro de Lisboa, os membros do grupo de jovens, com idades compreendidas entre os 17 e os 21 anos, e todos eles referenciados por roubo e ofensas à integridade física, acabaram por ser detidos, a 3 de Outubro. A operação ‘Cântico Final’, da Polícia Judiciária, pôs fim à sua actividade criminosa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)