Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Gang rouba gelados e é detido em despiste

GNR chegou a fazer vários disparos para tentar travar a fuga dos quatro homens.
Silvana Araújo Cunha e Francisco Manuel 1 de Dezembro de 2016 às 09:44
Ladrões atacaram esta quarta-feira máquina de tabaco e arca frigorífica de gelados da pastelaria Avenida, em São João de Loure
Ladrões atacaram esta quarta-feira máquina de tabaco e arca frigorífica de gelados da pastelaria Avenida, em São João de Loure FOTO: Direitos Reservados
Vidros partidos, máquina de tabaco vazia e dezenas de gelados em falta na arca frigorífica. Foi assim que Diana Oliveira, proprietária da pastelaria Avenida, em São João de Loure, Albergaria-a-Velha, encontrou o estabelecimento, ontem de madrugada. "Um vizinho ligou-me às 04h30 a dizer que ouviu os vidros a partir e que estavam homens com uma carrinha a entrar e sair. Foi um susto", contou ao CM a gerente.

Com a carrinha Volkswagen Passat - que tinha sido furtada - carregada de maços de tabaco e gelados, os quatro assaltantes puseram-se em fuga. Seguiu-se uma rápida perseguição, conduzida pela GNR, durante a qual, segundo moradores, foram ouvidos vários disparos.

A viagem acabou por correr mal aos assaltantes. A fuga foi interrompida quando a carrinha em que seguiam entrou em despiste em Alquerubim, uma freguesia vizinha. Dos quatro homens, todos com 23 anos, dois foram detidos ainda no interior da carrinha furtada e outros dois fugiram a pé. Um deles foi apanhado e o último continua a monte.

"Achei muito estranho levarem-nos os gelados. Nada do que estava na arca dá para recuperar. Mas o pior foram mesmo os vidros", lamentou a proprietária da pastelaria, que ainda há dois meses tinha sido assaltada. "Colocar os vidros custa mais de 400 euros", concluiu Diana Oliveira.

Todos os suspeitos têm antecedentes por furtos semelhantes na zona do Porto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)