Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Gang usa carrinha para ‘abrir’ loja (COM VÍDEO)

Foi uma ‘ida às compras’ relâmpago a que um gang de seis homens protagonizou ontem de madrugada em Vale de Parra, Albufeira. Como o minimercado estava fechado à noite, o grupo decidiu usar a traseira de uma carrinha roubada para o abrir à força, através de uma manobra violenta que ficou registrada pelas câmaras de videovigilância e cujas imagens o CM teve acesso.

27 de Dezembro de 2011 às 01:00
Grupo usou carrinha para destruir entrada de mini-mercado, em Vale de Parra, e furtar bebidas, comida e tabaco
Grupo usou carrinha para destruir entrada de mini-mercado, em Vale de Parra, e furtar bebidas, comida e tabaco FOTO: Roberto Pujales

"Vai, vai. Bora, bora", gritavam os elementos do gang, enquanto atiravam a carrinha de caixa fechada contra os vidros da porta. "Ouviu-se o alarme e imenso barulho dos vidros a partir. Estava uma pessoa com a cara tapada ao pé da estrada a controlar se vinha alguém e a dar instruções", confidenciou ao CM uma vizinha do espaço comercial. Suspeita--se que o elemento que estava de vigia estaria armado. No entanto, a GNR, que investiga o caso, não confirma.

Em pouco mais de seis minutos, ao que o CM apurou, o grupo carregou para dentro da carrinha dezenas de garrafas de bebidas alcoólicas, embalagens de carne e uma máquina de tabaco carregada com dezenas de maços. "Encheram vários cestos de compras e arrastaram-nos até à carrinha", explicou ao CM Maia Svet, gerente do minimercado Favorita, que ontem não abriu ao público devido à destruição sofrida.

Depois das ‘compras’ feitas, o grupo arrancou a alta velocidade "ainda com as portas da carrinha abertas". E até deixaram cair garrafas, que foram ontem analisadas pela GNR, que recolheu vestígios e impressões digitais.

A carrinha Toyota foi furtada na Guia, a cerca de cinco quilómetros do local. Durante todo o assalto não passou um carro na zona. "Não passou nem uma pessoa. Sorte. Até os ladrões têm sorte", brincou a moradora.

QUATRO FOGEM COM CARRINHA CHEIA DE TABACO

Uma carrinha de tabaco foi assaltada, na passada semana, no Vale da Amoreira, concelho da Moita, por quatro homens, que fugiram com o produto do roubo. O condutor chegou mesmo a ser agredido.

Tudo aconteceu na segunda--feira, dia 19, por volta das 10h30, quando o condutor da viatura de mercadorias se preparava para abastecer um centro comercial. Os quatro homens actuaram de cara destapada e levaram a carrinha até outro ponto do Vale da Amoreira, onde passaram o carregamento de tabaco para uma outra viatura. Antes de fugir, o grupo ainda agrediu o condutor e abandonou a carrinha no local.

A PSP da Moita tomou conta da ocorrência e tenta identificar os autores do assalto.

LADRÕES USAM CARRO PARA ENTRAR EM CAFÉ

Duas máquina de tabaco foram furtadas de dois cafés, durante a madrugada de ontem, em Vila Nova de Gaia. O primeiro roubo aconteceu no café Areal, em Miramar. Os ladrões partiram os vidros da porta e dirigiram-se à máquina. Depois de carregada, fugiram num Opel Corsa e num Toyota Corolla furtados. Os seis ladrões seguiram para o café Pastello, em S. Félix da Marinha. Neste furto os ladrões usaram um dos carros para partir a porta. Um dos ladrões, de 17 anos, foi apanhado pela GNR de Arcozelo e identificou os outros comparsas.

ASSALTO ROUBO ALGARVE GANG ALBUFEIRA
Ver comentários