Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Gasolineiro ameaçado com faca

Uma bomba de gasolina foi assaltada por um homem que ameaçou o funcionário com uma faca, quarta-feira à noite, na Zona Industrial de Tábua.
7 de Setembro de 2007 às 00:00
O assaltante, que aparentava ter 25 anos, levou 215 euros em dinheiro, dois cheques e um telemóvel, fugindo a pé até a um carro que o aguardava nas proximidades.
“Eu estava a fazer as contas para fechar a caixa, eram quase 23h00, quando ele apareceu, com uma garrafa debaixo do braço, a perguntar quanto custava enchê-la com gasolina”, contou ontem o gasolineiro Carlos Gonçalves, 45 anos. Em “segundos”, o ladrão apontou-lhe a arma exigindo “todo o dinheiro”.
“Ele estava nervoso, pedia-me mais e mais dinheiro”, recorda Carlos Gonçalves, afirmando que quando o assaltante “se pôs a correr espalhou os trocos pelo chão”. Pouco depois do roubo, “apareceu um casal de bicicleta mas já não pôde fazer nada”.
O ladrão ainda não foi identificado. O Núcleo de Investigação Criminal da GNR da Lousã está a investigar o caso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)