Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Gatos atingidos por tiros de pressão de ar

Uma moradora de Condeixa-a-Nova acusa um vizinho de disparar contra os seus gatos, tendo ferido já quatro animais.
10 de Setembro de 2011 às 00:30
Susana Silva apresentou queixa contra o vizinho. Dois dos quatro gatos atingidos têm marcas
Susana Silva apresentou queixa contra o vizinho. Dois dos quatro gatos atingidos têm marcas FOTO: Ricardo Almeida

O último felino foi atingido no pescoço com chumbos de uma pressão de ar. "Teve de ser operado de urgência e tem um chumbo alojado na traqueia", conta Susana Silva, que apresentou queixa na GNR no início desta semana.

"Além do dinheiro que já gastei com o tratamento, é todo o sofrimento que causa, aos gatos e a mim", reclama a dona do gato, que diz já ter confrontado o vizinho com a situação após ter ocorrido o primeiro caso, em 2008.

"Ele admitiu que o fazia porque os outros moradores lhe estragavam o telhado quando atiravam pedras para espantar os gatos." "Na altura, disse-lhe que pagava os estragos", recorda Susana Silva, que garante nunca ter recebido qualquer conta. Entretanto, os gatos "continuam a aparecer feridos, e houve pessoas que o viram a disparar."

Susana Silva assegura que os felinos não têm acesso ao telhado ou ao terraço do vizinho: "Por isso ainda percebo menos esta atitude. Os chumbos são disparados para a minha propriedade e para as dos restantes moradores." Dos quatro animais atingidos, dois ficaram com chumbos alojados no corpo.

Salvador Mascarenhas, médico veterinário que assistiu o animal, garante que se o felino não fosse, entretanto, operado teria morrido.

O clínico, que recebe no consultório vários casos de animais maltratados, aconselha os donos a denunciarem as situações: "Há uma sensação de impunidade muito grande, mas não podemos continuar a tolerar este tipo de atitudes."

Fonte da GNR de Coimbra confirmou ao Correio da Manhã que foi instaurado um inquérito na sequência da participação feita pela proprietária do felino e que o denunciado foi, entretanto, identificado.

O Correio da Manhã contactou, igualmente, o morador acusado de ser o autor dos disparos mas o homem não quis prestar declarações sobre o assunto.

GATOS TIROS PRESSÃO DE AR GNR QUEIXA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)