Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Gigante a meio caminho da Alemanha

Faltam pouco mais de dois mil euros para que João Manuel Gigante, de 58 anos – vítima de um problema de saúde que ameaça culminar com a amputação das duas pernas – possa viajar para a Alemanha, onde uma equipa de médicos espera para lhe salvar os membros inferiores.
11 de Outubro de 2005 às 00:00
Apesar do Estado português assumir a responsabilidade, em parceria com o Governo alemão, das despesas médicas, João Gigante precisa de se fazer acompanhar pela irmã, que lhe dará o auxílio e apoio necessários. “Até ao momento, já consegui 2100 euros, graças à ajuda de leitores do Correio da Manhã.”
A conta que possui no Banco Totta, com o NIB 00210 0000850845 900125, continua aberta e a esperança de poder ter uma vida normal aumenta. “Já tive muito mais desanimado e agora acredito que posso ficar bem. As viagens já estão pagas, assim como a medicação que vou precisar durante os meses que ficar internado. Faltam mais dois mil euros para a minha irmã poder ficar lá comigo”, explica.
À lista de problemas de saúde de que é vítima, em que se incluem insuficiência cardíaca, insuficiência renal e até uma doença rara, Granulomatose de Wegener, João Gigante sofre ainda de um linfedema nos membros inferiores, ou seja, um problema que resulta da obstrução dos vasos linfáticos.
Este é responsável por um aumento exagerado do volume das pernas, transformando a marcha numa tarefa quase impossível.
Resta-lhe, por isso, renovar o apelo: “Estou tão perto de ficar bem... Falta apenas um pouco mais para poder ter a minha independência.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)