Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Giovanni Lore está a ser ouvido no Tribunal de Leiria

O italiano Giovanni Lore, sob quem pende um mandado de detenção europeu e que é apontado como um dos líderes da máfia siciliana, entrou para a sala de audiências do Tribunal de Leiria às 10h40 desta terça-feira.
26 de Outubro de 2010 às 11:23
Giovanni Lore foi detido na passada quinta-feira
Giovanni Lore foi detido na passada quinta-feira FOTO: d.r.

Giovanni Lore, detido na passada quinta-feira no Bombarral pela Polícia Judiciária (PJ), no âmbito da operação "Máfia do Oeste", vai responder perante o juiz de instrução criminal em primeiro interrogatório judicial, com vista à aplicação de eventuais medidas de coacção.

Lore foi detido conjuntamente com outros três italianos e dois portugueses, que foram ouvidos pelo juiz na tarde e noite de segunda-feira, depois de na tarde de sábado terem conhecido os factos pelos quais estão indiciados.

Uma mulher brasileira, que foi detida na mesma operação, por se encontrar ilegal em Portugal, passou à condição de testemunha no processo.

Entretanto, viu suspensa a ordem de expulsão do país, por ter apresentado "motivos adicionais" não revelados ao Tribunal.

Fonte judicial disse aos jornalistas que a mulher é namorada de um dos italianos detidos.

As medidas de coacção dos seis suspeitos deverão ser conhecidas apenas na quarta-feira.

A inquirição de Giovanni Lore pode demorar algumas horas, caso ele decida prestar declarações, desde logo porque a sessão obriga à intervenção de uma intérprete.

Giovanni Lore Máfia PJ
Ver comentários