GNR: 23 mil idosos vivem sozinhos

A GNR identificou 23 mil idosos a viver sozinhos ou isolados, mais 7405 do que na 'Operação Censos Sénior' realizada no ano passado, revelou esta terça-feira aquela força de segurança.
06.03.12
  • partilhe
  • 0
  • +
GNR: 23 mil idosos vivem sozinhos
A GNR identificou 23 mil idosos a viver sozinhos ou isolados Foto Getty images

Segundo dados fornecidos à agência Lusa, dos 23001 idosos identificados pela GNR, 18 082 vivem sozinhos e 2483 residem em locais isolados.

A Guarda Nacional Republicana registou ainda 2436 idosos que vivem sozinhos e isolados.

A segunda edição da 'Operação Censos Sénior' decorreu entre 15 de Janeiro e 29 de Fevereiro e teve como objectivo registar todos os idosos que vivem sozinhos ou em locais isolados na área de responsabilidade da GNR, o que corresponde a cerca de 94 por cento do território nacional e a 54 por cento da população residente.

De acordo com aquela força de segurança, este ano foram registados mais 7405 idosos do que no ano passado, quando a operação permitiu identificar 15596.

O distrito com mais casos é o de Bragança, com 2442 idosos a viver sozinhos ou isolados, seguindo-se o de Santarém, com 2131, Évora, 2037, Guarda, 1912, Castelo Branco, 1810 e Viseu, com 1897.

No ano passado, foi no distrito de Santarém que a GNR registou o maior número de pessoas mais velhas a residir nestas condições, 1723.

Porém, foram os distritos de Évora e Guarda que registaram o maior aumento de idosos a viver sozinhos ou isolados, passando dos 653 para os 2037 em Évora e 389 para 1912 na Guarda.

Nas ilhas, a GNR só tem responsabilidade na Ilha do Corvo, onde foram identificados 24.

Durante a 'Operação Censos Sénior 2012', a GNR procedeu ao registo de todos os idosos que vivem sozinhos ou isolados, tendo também sinalizado os que se encontram em risco.

Para a avaliação do risco e recolha de informação sobre cada o idoso, os militares da GNR recolheram dados através de uma "ficha de registo", na qual constava questões como as coordenadas GPS da residência, telefone, se vive sozinho ou isolado, se tem família, qual o tipo de alojamento, situação profissional, estado de saúde e autonomia, se tem médico de família e qual o apoio financeiro que recebe.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!