Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

GNR baleou mortalmente fugitivo

Uma perseguição da GNR de Famalicão terminou com o fugitivo a ser baleado, esta terça-feira, junto ao hipermercado Jumbo. O homem de 58 anos despistou-se e perdeu o controlo do carro. Foi transportado para o Hospital de Famalicão em estado considerado crítico, mas morreu no caminho. Tinha sido atingido na barriga e não resistiu aos ferimentos.
27 de Outubro de 2009 às 13:42
GNR baleou mortalmente fugitivo
GNR baleou mortalmente fugitivo FOTO: Rui Manuel Fonseca

O aparato policial na zona é muito grande, tendo os bombeiros feito o desencarceramento da vítima. Ao que o CM sabe esta situação é motivada por uma investigação da Guarda de tráfico de droga. Os militares queriam apanhar em flagrante o suspeito. A investigação já decorria há dois meses e o suspeito era considerado perigoso.

As circunstâncias em que o incidente aconteceu estão ainda por apura, mas o CM sabe que os militares da GNR alegam que a vítima os terá tentado atropelar. Não se sabe ainda quem terá feito o disparo fatal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)